Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O raciocínio parece correto

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 27.01.14

Sobre a Renovação Extraordinária

… aprovada pela Lei n.º 3/2012, de 10 de janeiro e alterada pela Lei 76/2013, de 7 de Novembro, diz que podem ser objecto de duas renovações extraordinárias (5 anos consecutivos) os contratos de trabalho a termo certo que, até dois anos após a entrada em vigor da presente lei, atinjam os limites máximos de duração estabelecidos no n.º 1 do artigo 148.º do Código do Trabalho ou na Lei n.º 3/2012, de 10 de janeiro

 

 

Artigo 2.º
Regime de renovação extraordinária
4) Sem prejuízo do disposto no número anterior, olimite de vigência do contrato de trabalho a termo certo objeto de renovação extraordinária é 31 de dezembro de 2016.

 

Será está a norma que o MEC alega para os cinco anos consecutivos?

 

Fonte: Blog ArLindo

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 08:21

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.