Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Língua Portuguesa - Máximas

por cunha ribeiro, Sexta-feira, 15.11.13


Não tenho sentimento nenhum político ou social. Tenho, porém, num sentido, um alto sentimento patriótico. Minha pátria é a língua portuguesa. NaFernando Pessoa, José Saramago, Pe António Vieira, Camões, Eça de Queirós, Cesário Verde, Antero de Quental, Guerra Junqueiroda me pesaria que invadissem ou tomassem Portugal, desde que não me incomodassem pessoalmente. Mas odeio, com ódio verdadeiro, com o único ódio que sinto, não quem escreve mal português, não quem não sabe sintaxe,  não quem escreve em ortografia simplificada, mas apágina mal escrita, como pessoa própria, a sintaxe errada, como gente em que se bata, a ortografia sem ípsilon, como o escarro directo que me enoja independentemente de quem o cuspisse.

Livro do Desassossego de Bernardo Soares (Vol.I)Fernando Pessoa.


Fonte: S.O.S., Língua Portuguesa


Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 13:18