Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




PACC - Resultados da componente específica

por cunha ribeiro, Sexta-feira, 08.05.15
Divulgação dos resultados da Prova de Avaliação de Conhecimentos e Capacidades - 2014/2015 - Componente Específica
Pode ser consultada a lista dos candidatos aprovados nas provas da componente específica da Prova de Avaliação de Conhecimentos e Capacidades. Apresentam-se, ainda, instruções relativas aos pedidos de consulta da prova.

A lista de candidatos aprovados pode ser consultada aqui.

Os resultados individuais de cada candidato podem ser consultados na plataforma SIGHRE.

 

NOTA: Os itens de escolha múltipla têm todos a mesma cotação (100/30 ou, no caso das provas específicas de Português nível 1 e de Português nível 2, 60/20).

Foi atribuída a cotação de 20 pontos ao item 1 da Parte II da prova específica de Português nível 1 a todos os candidatos.

 

Consulta da prova.

O pedido de consulta da prova deve ser efetuado de acordo com o definido no artigo 9.º do Decreto Regulamentar n.º 7/2013, de 23 de outubro.

 

O valor a pagar pelo pedido é o que consta do Despacho n.º 14052-A/2014, de 19 de novembro.

 

O pedido só produzirá efeito se:

  • efetuado unicamente através do e-mail pacc.consulta@iave.pt;
  • for acompanhado do formulário (EXCEL), que pode ser descarregado aqui, devidamente preenchido;
  • tiver sido enviado de acordo com o prazo previsto na lei. 


Após a boa receção do pedido no endereço de e-mail acima indicado, será enviada para o endereço de e-mail que consta da inscrição do candidato a Referência Multibanco para efetivação do pagamento. O pagamento terá de ser efetuado até ao final do dia seguinte ao do envio da referida Referência Multibanco. Não será emitida nova referência, caso o pagamento não seja efetuado. 


Considera-se válido o pedido de consulta após confirmação do pagamento devido, contando a partir dessa data o prazo para o envio da reprodução da prova, de acordo com o artigo 9.º do Decreto Regulamentar n.º 7/2013, de 23 de outubro. 

 

Pedido de reapreciação da prova

 

Os pedidos de reapreciação devem ser redigidos e submetidos, na plataforma SIGRHE da DGAE, nos cinco dias úteis seguintes ao da receção da reprodução da prova. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 08:59

LEGISLAÇÃO - MATRÍCULAS 2015/2016

por cunha ribeiro, Sexta-feira, 08.05.15

Procedimentos da Matrícula e Respetiva Renovação, Normas a observar na

Distribuiçãode Crianças e Alunos, Constituição de Turmas.

 

A Ler 

2º Suplemento, Série II de 2015-05-07
Ministério da Educação e Ciência - Gabinetes dos
Secretários de Estado do Ensino e da Administração
Escolar e do Ensino Básico e Secundário
Estabelece os procedimentos da matrícula e respetiva renovação,
as normas a observar na distribuição de crianças e alunos,
constituição de turmas e período de funcionamento dos
estabelecimentos de educação e de ensino


Despacho normativo n.º 7-B/2015
...
Assim, alarga-se agora a possibilidade de frequência da
educação pré-escolar às crianças que perfazem os três
anos de idade durante o ano letivo. 
 
Amplia-se a possibilidade de efetivar a renovação da
matrícula em plataforma eletrónica aos alunos do
ensino secundário e de matrícula ou de renovação
de matrícula aos que frequentam estabelecimentos
de ensino particular e cooperativo e instituições
particulares de solidariedade social.
 
Ajustam-se as prioridades de preenchimento de
vagas nos estabelecimentos de educação e ensino,
de forma a corrigir assimetrias. 
 
Reforça-se a prioridade de matrícula ou da
sua renovação para os alunos com necessidades
educativas especiais de caráter permanente que
frequentam um currículo educativo individual. 
 
Concretiza-se o compromisso de cooperação
para o setor solidário, no que respeita à igualdade
de escolha da escola do 1.º ciclo do ensino
básico por parte das famílias que têm
crianças a frequentar a educação pré -escolar
em Instituições Particulares de Solidariedade Social.

Na constituição de turmas, acautelam-se casos
especiais em que se mostre oportuno implementar
ofertas educativas ou disciplinas para as quais não
exista a garantia de haver o número mínimo de
alunos estipulado, atendendo, nomeadamente,
à densidade populacional estudantil local ou,
ainda, à especificidade da oferta.
 
 
 Artigo 1
...
2 — O presente despacho normativo aplica -se,
nas respetivas disposições:

a) Aos agrupamentos de escolas e às escolas não
agrupadas da rede pública;
b) Aos estabelecimentos de ensino particular e
cooperativo com contratos de associação;
c) A outras instituições de educação e ou formação,
reconhecidas pelas entidades competentes.


Artigo 27.º
Norma revogatória
É revogado o Despacho n.º 5048 -B/2013, publicado
no Diário da República, 2.ª série, n.º 72, de 12 de abril
de 2013, retificado pela Declaração de retificação
n.º 525/2013, de 18 de abril, publicada no Diário da
República, 2.ª série, n.º 82, de 29 de abril.
 
Do Blog " Assistente Técnico"

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 08:35