Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




...

LEGISLAÇÃO? CLIQUE NESTA IMAGEM
site abc legislativo.jpg 3


AS ELEITAS DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

por cunha ribeiro, Quinta-feira, 30.04.15

Agrupamento Vertical de Escolas Professor João Meira, de Guimarães;

Escola Secundária Inês de Castro, de Canidelo;

Externato Vila Meã, de Amarante;

Escola Secundária Quinta das Palmeiras, da Covilhã;

Agrupamento de Escolas Figueira Mar, da Figueira da Foz;

Agrupamento de Escolas da Zona Urbana da Figueira da Foz;

Agrupamento de Escolas de Alcochete;

Colégio da Bafureira, da Parede;

Agrupamento de Escolas N.º 2 de Abrantes;

Escola Secundária de S. Lourenço, de Portalegre;

Colégio Luz S. Gonçalo, de Lagos.

ACEDA AO SITE "ABC LEGISLATIVO" - LEGISLAÇÃO DE A a Z, CLICANDO NESTA IMAGEM:
site abc legislativo.jpg 3

CLIQUE NA IMAGEM, E ACEDA AO SITE DA ESCOLA SECUNDÁRIA JOSÉ RÉGIO
site da escola jregiovc, com legenda, ultimo

PARA ACEDER AO "CENTRO DE RECURSOS"
fundo branco pequeno

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 10:43

Atividades para Reuniões de Pais

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 29.04.15

- Conheço meu filho

 

O objetivo dessa atividade é integrar os participantes de uma reunião de pais com o diretor de turma. Serve para colocar em evidência todos os integrantes da reunião, alunos, pais e/ou responsáveis pelos estudantes.

Materiais: Papel e caneta

Procedimento: Pedir, antes da reunião, que os alunos escrevam num pequeno papel a seguinte frase: «eu amo a minha família». Não pode ser assinado.

Todos os pedaços de papel deverão ter um número que corresponda ao número que a diretora de turma manterá em segredo.

No dia da reunião todos os papéis serão espalhados em uma mesa e os pais/encarregados de educação deverão reconhecer a letra do filho/educando e pegar no papel que achem que corresponde à letra do filho ou educando.

ACEDA AO SITE "ABC LEGISLATIVO" - LEGISLAÇÃO DE A a Z, CLICANDO NESTA IMAGEM:
site abc legislativo.jpg 3

CLIQUE NA IMAGEM, E ACEDA AO SITE DA ESCOLA SECUNDÁRIA JOSÉ RÉGIO
site da escola jregiovc, com legenda, ultimo

PARA ACEDER AO "CENTRO DE RECURSOS"
fundo branco pequeno

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 09:07

Ferramentas Pedagógicas

por cunha ribeiro, Terça-feira, 28.04.15

O saber não ocupa lugar. No final do dia, quando já está cansado, pode assistir a um vídeo e aprender a manusear mais uma ferramenta. O mesmo se aplica a professores. Por que não passar um conteúdo multimédia no final da aula como revisão? Fique a conhecer as 5 melhores ferramentas de vídeo para alunos e professores. VLC Media Player O VLC Media Player é compatível com praticamente qualquer formato de vídeo, sem que precises ter algum conhecimento técnico em códigos de multimédia. O programa também reproduz ficheiros diretamente do seu ambiente de trabalho, mesmo que eles estejam danificados ou incompletos. Outras vantagens do VLC são a capacidade de publicar e converter ficheiros de vídeo e colocar legendas. Windows Movie Maker Este programa permite compilar um filme a partir de sequências fotográficas, telediscos e fotos sem complicação. Basta arrastar os ficheiros até a ferramenta para que ele os possa reproduzir. Além disso, os utilizadores podem apagar as cenas de má qualidade, adicionar efeitos, músicas e narração com facilidade. O Windows Movie Maker é a melhor opção para estudantes ou professores que precisem de fazer apresentações em vídeo ou cenas individuais. Freemake Video Converter Assim como o VLC, o Freemake Video Converter é compatível com com mais de 200 formatos, como AVI, MKV, MPEG, WMV, FLV, SWF, DVD e Blu-ray. O programa tem uma ferramenta poderosa de edição e permite que publiques teu vídeo em mais de 50 sítios diferentes, além de convertê-los para o formato necessário. Também podes criar uma reprodução de slides com música de fundo e publicar o teu trabalho no Youtube. O Freemake Video Converter é indispensável para alunos ou professores que precisam fazer vídeos em qualquer área. CamStudio O CamStudio é interessante pois permite que graves a ecrã do teu computador. Por exemplo, se preparaste uma apresentação de Power Point e queres colocar a tua voz de fundo, este é o programa mais recomendado. Além do mais, podes converter os ficheiros para o formato AVI e SWF. Este programa é recomendado para aqueles que desejam fazer um tutorial multimédia. Nero Multimedia Suite Que o Nero permite que graves um DVD ou outro formato de mídia, a maioria já sabe. Porém, com o Nero Multimedia Suite, podes converter ficheiros de aúdio e vídeo, editar programas em MP3, filmar e editar em alta definição, criar apresentação de slides, restaurar ficheiros danificados e até desenhar a capa do teu CD. Será uma ferramenta valiosa que ajudará o aluno em qualquer tarefa relacionada com edição de vídeo.

ACEDA AO SITE "ABC LEGISLATIVO" - LEGISLAÇÃO DE A a Z, CLICANDO NESTA IMAGEM:
site abc legislativo.jpg 3

CLIQUE NA IMAGEM, E ACEDA AO SITE DA ESCOLA SECUNDÁRIA JOSÉ RÉGIO
site da escola jregiovc, com legenda, ultimo

PARA ACEDER AO "CENTRO DE RECURSOS"
fundo branco pequeno

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 11:11

DISCIPLINA NA SALA DE AULA - COMO ESTABELECER REGRAS

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 27.04.15

Toda a regra deverá ser específica e não vaga, ou abstrata.


- Os quatro métodos para o estabelecimento de regras são:

 

a) Pela sugestão: " Todos deveriam estar nos vossos lugares.;

b) Pela interrogação: " Importam-se de ir para os vossos lugares ?";

c) Pelo uso do imperativo suavizado: " Eu quero que vocês se sentem";

d) Pelo uso do imperativo autoritário : " Sentai-vos imediatamente!" ( este deve ser o mais evitado possível)


Uma boa regra deve identificar um comportamento concreto. É importante que a turma intervenha no processo regulamentar.

- Félicite o aluno que aceita cordialmente as regras na sala de aula

ACEDA AO SITE "ABC LEGISLATIVO" - LEGISLAÇÃO DE A a Z, CLICANDO NESTA IMAGEM:
site abc legislativo.jpg 3

CLIQUE NA IMAGEM, E ACEDA AO SITE DA ESCOLA SECUNDÁRIA JOSÉ RÉGIO
site da escola jregiovc, com legenda, ultimo

PARA ACEDER AO "CENTRO DE RECURSOS"
fundo branco pequeno

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 09:45

DISCIPLINA NA SALA DE AULA - SUGESTÕES : COMO AGIR COM OS ALUNOS QUE FALAM PELOS COTOVELOS

por cunha ribeiro, Sexta-feira, 24.04.15

- Tenha perto da sua secretária um assento; penalize o aluno deslocando-o para esse lugar;

- Faça-lhe perguntas a fim de o obrigar a estar atento;

- Estabeleça com ele um contacto visual;

- Ofereça-lhe uma opção punitiva. Por exemplo: cópia ou resposta a um questionário.

- Utilize a comunicação não verbal.

 

ACEDA AO SITE "ABC LEGISLATIVO" - LEGISLAÇÃO DE A a Z, CLICANDO NESTA IMAGEM:
site abc legislativo.jpg 3

CLIQUE NA IMAGEM, E ACEDA AO SITE DA ESCOLA SECUNDÁRIA JOSÉ RÉGIO
site da escola jregiovc, com legenda, ultimo

PARA ACEDER AO "CENTRO DE RECURSOS"
fundo branco pequeno

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 08:50

DISCIPLINA NA SALA DE AULA - SUGESTÕES: COMO SE FAZER RESPEITAR?

por cunha ribeiro, Quarta-feira, 22.04.15

Eis alguns comportamentos que o professor deve ter para induzir maior respeito na sala de aula:


- Utilizar frases curtas e claras enfatizando os verbos ou predicado. Ex: ": Reparem no que vou dizer.." 
- Ensine de pé e com a cabeça erguida. 
- Desloque-se por toda a sala. 
- Fale também quando estiver ao fundo da sala, por detráss de toda a turma. 
- Sente-se de vez em quando numa carteira de um aluno ausente. 
- Utilise os olhos e não apenas a voz. 
- Comunique com a turma tentando olhar para todos os alunos da mesma. 
- Utilise a técnica " Torre de Piza"  - incline-se ligeiramente na direção do aluno que estiver a repreender.
- Evite cruzar os braços quando estiver a repreender um aluno. É um gesto que revela fragilidades por quem o utiliza.
- Seja justo e consistente.

ACEDA AO SITE "ABC LEGISLATIVO" - LEGISLAÇÃO DE A a Z, CLICANDO NESTA IMAGEM:
site abc legislativo.jpg 3

CLIQUE NA IMAGEM, E ACEDA AO SITE DA ESCOLA SECUNDÁRIA JOSÉ RÉGIO
site da escola jregiovc, com legenda, ultimo

PARA ACEDER AO "CENTRO DE RECURSOS"
fundo branco pequeno

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 09:16

CARGA HORÁRIA

por cunha ribeiro, Terça-feira, 21.04.15

Panelas de Pressão

panelas pressão ferverDepois de uma, duas, ou mesmo três horas em reuniões, até nós professores, habituados a estas andanças, começamos a definhar. O cansaço começa a surgir, os níveis de concentração diminuem e instintivamente começamos a pensar em algo que não está diretamente relacionado com o trabalho. Surgem as conversas paralelas, as piadas descontextualizadas e aquilo que poderia durar pouco tempo torna-se interminável. É altura de fazer uma pausa, de descomprimir, alongar os neurónios e voltar a focar. Se nós sentimos essa necessidade, então o que dizer dos alunos. Os seus “processadores” não estão preparados para aguentar tantas horas com elevados níveis de concentração. É como “enfiar” uma pen de não sei quantos gigas num leitor de disquetes. Sim, eles precisam de ser trabalhados de modo a ganharem hábitos e rotinas de trabalho para potenciar as suas capacidades. A minha filha diz que para o ano vai passar para a escola dos sentados e é verdade, as crianças precisam de aprender a estarem sentadas, aumentando os índices de concentração e a sua duração. É o início de uma longa caminhada. Mas estarão esses “processadores” preparados para lidar com tantas horas de trabalho escolar? Não estaremos nós a assistir a um “burnout”, que se manifesta através de comportamentos desviantes?

A carga letiva implementada obriga o subconsciente infantil a manifestar-se ao fim de algum tempo, afirmando de forma categórica e bastante expressiva que “já chega”. As crianças são puras e transparentes e, quando a “esponja” enche, enche mesmo. Normalmente os adultos têm tendência para catalogar esses comportamentos e “interesses divergentes dos escolares, défices de atenção, ou hiperatividades” estão normalmente no topo da lista. Não quer dizer que em muitas situações esses sintomas sejam reais, mas também é verdade que o ensino em Portugal está formatado para potenciar comportamentos divergentes. Do outro lado estão os professores que, além de terem de ensinar programas demasiado extensos, são obrigados a gerir esse cansaço. Conversa de psicólogo, dirão vocês… Talvez seja. Não sou psicólogo e baseio-me em factos que já vou referir. A alusão a “processadores” não foi por acaso. Nós não somos computadores e dentro das nossas caixinhas não existe apenas um emaranhado de fios. Temos sentimentos, desejos e carências, algo que um computador não tem nem manifesta. Precisamos de socializar, interagir e fomentar relações, e não é por acaso que decidimos viver em “caixotes” uns ao pé dos outros.

Um exemplo que valida o que afirmo são as interrupções letivas. São essenciais! Quem anda nas escolas sabe perfeitamente que alunos, professores e assistentes operacionais precisam de descanso e de se afastar uns dos outros para manterem uma relação que se pretende sociável…

Posso afirmá-lo, pois tenho dados que o comprovam, que nos finais dos períodos as situações de indisciplina aumentam, reflexo de uma saturação evidente de ambas as partes. As tais “férias” dos professores, muito criticadas pela sociedade em geral são fundamentais para repor o equilíbrio perdido. Não sou advogado dos professores, mas sei bem a quantidade de horas extraordinárias que estes fazem. É real! Costumo dizer que as interrupções letivas não são férias, mas sim a compensação pelas inúmeras horas extraordinárias não remuneradas.

Segundo os dados do Eurydice, Portugal apresenta das mais altas cargas letivas, principalmente em anos mais baixos. Ao contrário de outros países, como a “modelo” Finlândia, que apresenta muito menos horas letivas. Os resultados escolares e níveis de indisciplina são sobejamente conhecidos. Coincidências? Na educação é difícil haver coincidências…

No Estudo comparativo da carga horária em Portugal e noutros países, da Fundação Francisco Manuel dos Santos, de 2014, é possível constatar isso mesmo.

Carga horária Portugal_Finlândia e Bulgária

O mesmo acontece na carga horária total na escolaridade obrigatória. Onde só a Holanda nos ultrapassa.

Carga Horária Total no Ensino Obrigatório

Qual é a criança/jovem que consegue apresentar altos níveis de concentração/desempenho durante tantas e tantas horas?

O que fazer?

É necessário rever currículos. A sua dimensão é, na minha opinião, demasiado extensa. Recentemente aumentou-se a carga letiva para as disciplinas ditas “nucleares”, retirando as áreas curriculares não disciplinares, mas os resultados preliminares não revelam uma melhoria significativa nessas áreas. Talvez o caminho devesse ser outro, otimizando currículos, centrando-os no que é essencial e eliminando o supérfluo, em vez de “atirar” mais horas para cima dos alunos.

É preciso alterar a duração dos intervalos porque 10 minutos não são intervalos. Servem para ir à casa de banho, mudar de sala e pouco mais. Não há descanso nem tempo para descomprimir.

O Psicólogo Eduardo Sá refere isso mesmo.

 

Ainda sobre os intervalos, recomendo o seguinte texto:

Recreio é essencial no sucesso escolar

Retomando…

No governo de Maria de Lurdes Rodrigues surgiu a ideia das aulas de substituição e foi um dos maiores disparates que já assisti. A pretexto do ambiente calmo no exterior da sala de aula o que se fez foi confinar os alunos dentro de quatro paredes. Naturalmente que os alunos, sentindo-se “enjaulados”, manifestaram o seu desagrado, ainda para mais quando os próprios professores nunca reconheceram a mais valia dessas aulas. Mas que aulas??? A indisciplina aumentou e foi uma tortura para todos. O que importava era que lá fora não houvesse barulho, mas alguém devia ter-se lembrado que a escola não é, nem nunca será, uma igreja e se estivessem dotadas dos assistentes operacionais em número suficiente, a indisciplina no exterior diminuía significativamente.

A própria duração das aulas é um problema. Aulas de 90 minutos, em certos casos, tornam-se demasiado extensas mas por outro lado, aulas de 45/50 minutos são demasiado curtas, segundo a opinião de alguns colegas. As diferentes áreas curriculares e o perfil das turmas deveriam ser motivos suficientes para dar uma verdadeira autonomia às escolas, conforme acontece na Holanda ou em Itália, deixando-as diferenciar aquilo que é diferente.

No entanto tudo isto seria desnecessário se a política educativa visasse o alto interesse da criança. Não é por acaso que outros países apresentam cargas letivas inferiores. Nesta matéria até mesmo os professores têm a sua cota parte de responsabilidade. Sendo eu professor, e escrevendo num espaço público, isto não fará de mim corporativista (no mau sentido da palavra). Digo o que penso, mesmo que para isso tenha de ir contra a maré… Em certos momentos a nossa abordagem também não é a mais correta, como por exemplo na elaboração dos horários, onde é muito frequente assistirmos a influências externas…

Existe um número exagerado de áreas curriculares e respetiva carga horária. Para mim isso é evidente. No entanto, para mudar esta situação é preciso sacrificar algumas delas e na conjuntura atual, sabemos bem o que isso significa… A tutela não desperdiçaria a oportunidade de poupar uns milhões de euros, sacrificando milhares de professores ao abrigo do imperativo défice público. No entanto, tal seria uma falácia, pois as escolas estão carentes de recursos, e esses professores seriam muito úteis para dar apoios a outros alunos ou mesmo para o desenvolvimento de outros projetos.

É preciso parar para pensar e analisar outros modelos de ensino. É necessário um espírito de compromisso por parte da tutela, professores e pais. Enquanto houver um discurso de confrontação e a política educativa estiver refém da política financeira e de ideologias, tudo continuará na mesma. É preciso estabelecer pontes que permitam verdadeiros diálogos entre os seus intervenientes e permitam a construção de alicerces sólidos, imunes aos egocentrismos dos seus responsáveis. É preciso pensar nas crianças… Se calhar, é preciso mudar toda uma sociedade…

As crianças, tal como as “panelas de pressão”, precisam de uma saída para deixar sair a pressão acumulada. Se acrescentarmos os trabalhos de casa e as atividades extracurriculares, estamos na presença de algo que posso apelidar de  “overdose educativa”.

 

Artigo publicado no Blog "Com Regras"

ACEDA AO SITE "ABC LEGISLATIVO" - LEGISLAÇÃO DE A a Z, CLICANDO NESTA IMAGEM:
site abc legislativo.jpg 3

CLIQUE NA IMAGEM, E ACEDA AO SITE DA ESCOLA SECUNDÁRIA JOSÉ RÉGIO
site da escola jregiovc, com legenda, ultimo

PARA ACEDER AO "CENTRO DE RECURSOS"
fundo branco pequeno

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 08:42

DISCIPLINA NA SALA DE AULA - QUESTIONÁRIO AUTOCORRETIVO

por cunha ribeiro, Quinta-feira, 16.04.15

Na sequência de um comportamento considerado indisciplinado pelo professor, este poderá entregar ao aluno infrator o seguinte questionário:

 

  1- O que é que eu acabei de fazer de errado?

                                            

                                            

                                            

 2 - Por que razão ou razões eu tive este comportamento?

                                             

 

 

 3 - O que eu acabei de fazer ajuda/favorece/ é útil a alguém?

                                            

 

  4- Quem poderá ter ficado prejudicado/incomodado com o que eu fiz?

                                              

 

 

   5- O que vou ter de fazer para mudar esta atitude/este comportamento?

 

 

 

    6- Quando vou começar a mudar de comportamento?

                                             

 

 

 

 

                                              DATA: --------------------------------------------

 

        ASSINATURA DO INFRATOR: ---------------------------------------------

 

 

 

 

 

             
             


Méthode corrective pour aborder les gros problèmes de discipline

ACEDA AO SITE "ABC LEGISLATIVO" - LEGISLAÇÃO DE A a Z, CLICANDO NESTA IMAGEM:
site abc legislativo.jpg 3

CLIQUE NA IMAGEM, E ACEDA AO SITE DA ESCOLA SECUNDÁRIA JOSÉ RÉGIO
site da escola jregiovc, com legenda, ultimo

PARA ACEDER AO "CENTRO DE RECURSOS"
fundo branco pequeno

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 09:42

CURSOS VOCACIONAIS - PRORROGAÇÃO DO PRAZO DE CANDIDATURAS

por cunha ribeiro, Terça-feira, 14.04.15

 

Despacho n.º 3687-B/2015 – Diário da República n.º 71/2015, 2º Suplemento, Série II de 2015-04-13

Ministério da Educação e Ciência – Gabinete do Ministro

Prorroga o prazo estabelecido no nº.1 do Despacho nº. 3353, de 17 de março para as escolas públicas e privadas interessadas na candidatura a oferta formativa de cursos vocacionais no ensino básico e secundário, a iniciar no ano letivo 2015-2016, submetam o projeto no Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa (SIGO).

 

O Despacho n.º 3353/2015 determina que as escolas públicas e privadas interessadas na candidatura a oferta formativa de cursos vocacionais no ensino básico e no ensino secundário, a iniciar no ano letivo de 2015-2016, podem submeter o seu projeto no Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa (SIGO), coordenado pela Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC), até ao dia 24 de abril de 2015. 
As pessoas coletivas de direito público da administração central e local e as pessoas coletivas de direito privado, com ou sem fins lucrativos, podem apresentar propostas de cursos às escolas públicas e privadas, como parceiras na sua implementação.

 

ACEDA AO SITE "ABC LEGISLATIVO" - LEGISLAÇÃO DE A a Z, CLICANDO NESTA IMAGEM:
site abc legislativo.jpg 3

CLIQUE NA IMAGEM, E ACEDA AO SITE DA ESCOLA SECUNDÁRIA JOSÉ RÉGIO
site da escola jregiovc, com legenda, ultimo

PARA ACEDER AO "CENTRO DE RECURSOS"
fundo branco pequeno

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 08:32

LEGISLAÇÃO DE MARÇO DE 2015

por cunha ribeiro, Segunda-feira, 13.04.15

 

Recomendação n.º 2/2015 - Diário da República n.º 59/2015, Série II de 2015-03-25 - Ministério da Educação e Ciência - Conselho Nacional de Educação - Recomendação sobre Retenção Escolar nos Ensinos Básico e Secundário.

Despacho n.º 2886/2015 - Diário da República n.º 56/2015, Série II de 2015-03-20 - Ministério da Educação e Ciência - Direção-Geral do Ensino Superior - Regista a criação, na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Bragança, do curso de complemento de formação para a docência no grupo de recrutamento 120 destinado a titulares de qualificação profissional para a docência no grupo de recrutamento 330.

Despacho n.º 2885/2015 - Diário da República n.º 56/2015, Série II de 2015-03-20 - Ministério da Educação e Ciência - Direção-Geral do Ensino Superior - Regista a criação, na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Bragança, do curso de complemento de formação para a docência no grupo de recrutamento 120 destinado a titulares de qualificação profissional para a docência no grupo de recrutamento 110.

Despacho n.º 2884/2015 - Diário da República n.º 56/2015, Série II de 2015-03-20 - Ministério da Educação e Ciência - Direção-Geral do Ensino Superior - Regista a criação, na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Bragança, do curso de complemento de formação para a docência no grupo de recrutamento 120 destinado a titulares de qualificação profissional para a docência no grupo de recrutamento 220.

Despacho n.º 2883/2015 - Diário da República n.º 56/2015, Série II de 2015-03-20 - Ministério da Educação e Ciência - Direção-Geral do Ensino Superior - Regista a criação, na Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Católica Portuguesa, do curso de complemento de formação para a docência no grupo de recrutamento 120 destinado a titulares de qualificação profissional para a docência no grupo de recrutamento 330.

Portaria n.º 75/2015 - Diário da República n.º 50/2015, Série I de 2015-03-12 - Ministérios das Finanças, da Defesa Nacional e da Educação e Ciência - Estabelece as adaptações aplicáveis à avaliação do desempenho dos docentes em exercício efetivo de funções integrados em mapas de pessoal dos estabelecimentos ou instituições de ensino sob a tutela do Ministério da Defesa Nacional e revoga a Portaria n.º 240/2011, de 21 de junho.

Aviso n.º 2701-A/2015 - Diário da República n.º 49/2015, 2º Suplemento, Série II de 2015-03-11 - Ministério da Educação e Ciência - Direção-Geral da Administração Escolar - Lista nominativa de colocação em situação de requalificação dos docentes inseridos na carreira, do Ministério da Educação e Ciência.

Aviso n.º 2505-B/2015- Diário da República, 2.ª série — N.º 46 — 6 de março de 2015 - Ministério da Educação e Ciência – Direcção-Geral da Administração Escolar - Concurso de educadores de infância e de professores dos ensinos básico e secundário para o ano escolar de 2015/2016, nos termos do previsto e regulado pelo Decreto -Lei n.º 132/2012, de 27 de junho, na redação que lhe foi conferida pelo Decreto -Lei n.º 83 -A/2014, de 23 de maio, retificado pela Declaração de Retificação n.º 36/2014, de 22 de julho.

Despacho n.º 2384-A/2015 - Diário da República n.º 46/2015, 1º Suplemento, Série II de 2015-03-06 - Ministério da Educação e Ciência - Direção-Geral da Administração Escolar - Regulamentação da certificação da qualificação profissional para a docência no grupo de recrutamento 120 - Inglês do 1.º ciclo do ensino básico e do modo de apuramento da duração da experiência de ensino de Inglês no 1.º ciclo do ensino básico, no âmbito da Oferta Complementar ou das Atividades de Enriquecimento do Currículo.

Despacho Normativo n.º 6-A/2015 - Diário da República n.º 45/2015, 1º Suplemento, Série II de 2015-03-05 - Ministério da Educação e Ciência - Gabinete do Secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário - Aprova o Regulamento do Júri Nacional de Exames e o Regulamento das Provas e dos Exames do Ensino Básico e do Ensino Secundário, para o ano letivo de 2014-2015.

Despacho n.º 2293/2015 - Diário da República n.º 45/2015, Série II de 2015-03-05 - Ministério da Educação e Ciência - Gabinete do Ministro - Considera como fundada em circunstâncias de interesse público a licença sem vencimento requerida pelos docentes integrados na carreira dos Educadores de Infância e dos Professores dos Ensinos Básico e Secundário, para o exercício de funções no âmbito do Projeto dos Centros de Aprendizagem e Formação Escolar (CAFE) em Timor-Leste.

Despacho n.º 2292/2015 - Diário da República n.º 45/2015, Série II de 2015-03-05 - Ministério da Educação e Ciência - Gabinete do Ministro - Determina a contagem de tempo de serviço prestado de todos os docentes contratados no âmbito da 1.ª Bolsa de Contratação de Escola no ano letivo de 2014-2015 e que viram anulada a sua colocação.

Declaração de Retificação n.º 9-B/2015 - Diário da República n.º 44/2015, 2º Suplemento, Série I de 2015-03-04 - Presidência do Conselho de Ministros - Secretaria-Geral - Retifica a Declaração de Retificação n.º 9-A/2015, de 4 de março, da Presidência do Conselho de Ministros, que retifica a Portaria n.º 57-C/2015 de 27 de fevereiro que fixa o número de vagas a preencher pelo concurso externo, previsto e regulado no Decreto-Lei n.º 83-A/2014 de 23 de maio, publicada no Diário da República n.º 44, 1.ª série, 1.º suplemento, de 4 de março de 2015.

Declaração de Retificação n.º 9-A/2015 - Diário da República n.º 44/2015, 1º Suplemento, Série I de 2015-03-04 - Presidência do Conselho de Ministros - Secretaria-Geral - Retifica a Portaria n.º 57-C/2015, de 27 de fevereiro, dos Ministérios das Finanças e da Educação, que fixa o número de vagas a preencher pelo concurso externo, previsto e regulado no Decreto-Lei n.º 83-A/2014, de 23 de maio, publicada no Diário da República, n.º 41, 1.ª Série, 3.º Suplemento, de 27 de fevereiro de 2015.

Declaração de Retificação n.º 9/2015 - Diário da República n.º 43/2015, Série I de 2015-03-03 - Assembleia da República - Declaração de Retificação à Lei n.º 4/2015, de 15 de janeiro, que procede à primeira alteração à Lei Tutelar Educativa, aprovada em anexo à Lei n.º 166/99, de 14 de setembro.

Despacho n.º 2179-B/2015 - Diário da República n.º 42/2015, 2º Suplemento, Série II de 2015-03-02 - Ministério da Educação e Ciência - Gabinete do Secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário - Aprova o Regulamento de Aplicação do teste Preliminary English Test for Schools (PET) no ano letivo de 2014-2015.

 

ACEDA AO SITE "ABC LEGISLATIVO" - LEGISLAÇÃO DE A a Z, CLICANDO NESTA IMAGEM:
site abc legislativo.jpg 3

CLIQUE NA IMAGEM, E ACEDA AO SITE DA ESCOLA SECUNDÁRIA JOSÉ RÉGIO
site da escola jregiovc, com legenda, ultimo

PARA ACEDER AO "CENTRO DE RECURSOS"
fundo branco pequeno

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 08:57


...

LEGISLAÇÃO? CLIQUE NESTA IMAGEM
site abc legislativo.jpg 3



PROCURE A LEGISLAÇÃO POR ORDEM ALFABÉTICA CLICANDO NA SETA, QUE O DIRECIONA PARA O SITE " ABC LEGISLATIVO" DA ESJRVC

seta final A SEGUIR, OUTROS LINKS ÚTEIS:


IMAGENS DE VILA DO CONDE


AMIGOS


LINKES PARA

O SITE DA BIBLIOTECA DA ESJRVC biblioteca, escola j regio E DO JORNAL DA ESJR jornal ESTATUTO DA CARREIRA DOCENTE: estatuto, link

subscrever feeds



Pág. 1/2