Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




DO JORNAL DA ESCOLA JRVC

por cunha ribeiro, Quinta-feira, 26.09.13

Ano letivo 2013/2014

No início deste novo ano letivo o JR saúda toda a comunidade escolar  e convida à participação de todos, neste órgão de comunicação da escola. Pode enviar os seus textos (notícias, opiniões,trabalhos…)  para o endereço jr@club.esc-joseregio.pt.

Bom ano para todos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 11:23

DA BIBLIOTECA DA ESJR

por cunha ribeiro, Quinta-feira, 26.09.13

O CIIMAR – Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental, da Universidade do Porto, volta a lançar o seu projeto de promoção da investigação e da ciência nas Escolas. Como no ano passado, disponibilizam-se gratuitamente a professores  um conjunto de protocolos experimentais e uma oferta de palestras a realizar na sala de aula para alunos do ensino básico e ensino secundário. Estes proporcionarão aos alunos a realização de atividades experimentais e um contacto direto com investigadores do CIIMAR e o trabalho por estes desenvolvido. Clique na imagem para aceder aos temas das palestras. Fale connosco.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 11:20

DA BIBLIOTECA DA ESJR

por cunha ribeiro, Quinta-feira, 26.09.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 11:18

Ensino Vocacional de Nível Secundário

por cunha ribeiro, Quinta-feira, 26.09.13


Ensino vocacional de nível secundário chega este ano a 22 escolas

 

 

O Ministério da Educação e Ciência (MEC) indicou esta terça-feira que a experiência-piloto do ensino vocacional de nível secundário, com cursos de dois anos e uma carga horária de três mil horas, arranca este ano em 22 escolas e abrange 400 jovens com mais de 16 anos.
Distinto do ensino profissional, por ter “uma componente técnica com maior ligação às empresas” (correspondente a 46% do total de cada curso), este modelo completa as respostas existentes no sistema educativo num momento em que a escolaridade é obrigatória até ao 12.º ano ou aos 18 anos de idade, especifica o Ministério da Educação e Ciência (MEC), através do gabinete de imprensa.

No mesmo comunicado em que anuncia a visita do ministro a uma das escolas em que ensino vocacional de nível secundário vai ser testado, em Setúbal, o MEC indica que os cursos já aprovados incidem sobre as áreas de Produção Agrícola e Animal, Floricultura e Jardinagem, Metalurgia e Metalomecânica, Electricidade e Energia, Electrónica e Automação, Hotelaria e Restauração e Comércio e Turismo e Lazer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 09:36

SOBRE O PERÍODO EXPERIMENTAL DOS CONTRATADOS A TERMO RESOLUTIVO

por cunha ribeiro, Quinta-feira, 26.09.13

 Decreto Lei 132/2012, de 27 de Junho:

Artigo 42.º
Do contrato

1 — A colocação dos docentes contratados ao abrigo dos concursos referidos nas alíneas b) (Contratação inicial), c) (Reserva de recrutamento) e d) (Contratação de escola) do n.º 2 do artigo 6.º é efetuada mediante celebração de contrato de trabalho a termo resolutivo.
2 — O contrato de trabalho produz efeitos a partir do 1.º dia útil imediatamente a seguir ao da aceitação e tem a duração mínima de 30 dias, incluindo o período de férias.
3 — A duração do contrato de trabalho mantém-se enquanto a necessidade persistir, tendo como limite máximo o termo do ano escolar.

 

Apesar das colocações da Contratação Inicial retroagirem ao dia 1 de Setembro o período experimental só começa a contar a partir do dia útil seguinte à aceitação da colocação. Como a aceitação esteve disponível no dia 13 e 16 de Setembro, quem aceitou no dia 13 só começa a contar 15 dias de período experimental, para duração de contratos inferiores a 6 meses, a partir do dia 16 de Setembro e quem aceitou no dia 16 de Setembro o período experimental começa a contar no dia 17 de Setembro.

 

Pelas minhas contas termina o período experimental para os que ficaram colocados em horários com duração inferior a 6 meses no dia 30 de Setembro para os que aceitaram a colocação no dia 13 de Setembro e no dia 1 de Outubro para os que aceitaram dia 16 de Setembro.

 

É também importante ler o que diz o artigo 44º do mesmo Decreto-Lei.

 

Artigo 44.º
Período experimental e denúncia de contrato

1 — O período experimental decorre na execução do contrato de trabalho da primeira colocação, celebrado no
ano escolar.
2 — Ao período experimental aplica-se o regime da lei geral destinado aos contratos de trabalho em funções públicas.
3 — A denúncia do contrato pelo candidato no decurso do período experimental impede o seu regresso à reserva de recrutamento, bem como outra colocação no mesmo agrupamento de escolas ou escola não agrupada nesse ano escolar.
4 — A denúncia do contrato pelo candidato fora do período experimental impede a celebração de qualquer outro contrato ao abrigo do presente diploma no mesmo ano escolar.


(Blog Ar Lindo)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 09:31

Ferramenta Útil Para as Escolas Compararem a Graduação Profissional

por cunha ribeiro, Quinta-feira, 26.09.13

Este trabalho foi feito em colaboração com o Assistente Técnico e pretende facilitar a comparação da graduação dos candidatos que concorrem a contratação de escola com a lista de ordenação definitiva de 30 de Agosto.

O que as escolas precisam de fazer para que os resultados sejam apresentados nas colunas mais à direita (Dados Lista Ordenação Nacional)?

Basta inserirem os dados “Ordem do candidato”, “Graduação do Candidato”, “Número de Candidato” e “Nome do Candidato” nas colunas da esquerda que os resultados vão aparecer automaticamente nas colunas da direita, como a ordem é idêntica ao ficheiro gerado na exportação de dados da plataforma é fácil copiar esses dados para o Excel.

Nas colunas geradas automaticamente vai aparecer a informação se o candidato já foi colocado e o grupo em que foi colocado, bem como a graduação que tem na lista de ordenação definitiva de 30 de Agosto. A coluna a amarelo vai dizer qual a diferença entre a graduação profissional declarada e a que consta da lista de ordenação.

No caso do candidato não constar na lista de ordenação não são gerados dados.

No caso de a diferença for superior a 1 valor quer dizer que os dados introduzidos não são os mesmos que já foram validados no concurso 2013/2014.

Se a ferramenta é útil para as direções das escolas também pode ser usado pelos candidatos.

Clicar na imagem para baixar o Excel ou neste link.


( Do Blog: Ar Lindo)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cunha ribeiro às 09:26